Você está em: Notícias

Notícias

PRESIDENTE DA CÂMARA REAGE À COBRANÇAS COM VEEMÊNCIA

FONTE: A TRIBUNA MT

Data: 24/11/2016

COMPARTILHE:
A+ A-

O vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (PMDB), presidente da Câmara Municipal, declarou ontem que a prestação de contas da Casa de Leis é feita para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Além disso, afirmou, com muita veemência, que considera a cobrança do Conselho de Leigos e Leigas da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga para que a Câmara responda o conteúdo da “Carta da Primavera”, um ataque ao Legislativo municipal.

 


“Se reuniram para cobrar uma resposta para a ‘Carta da Primavera’. Mas responder de que jeito, pois tudo que é feito aqui é dentro do que o Tribunal de Contas do Estado determina. Quando assumi a presidência, a primeira coisa que fiz foi buscar orientação do TCE e abrir as portas para o Observatório Social. Além disso, mandei colocar tudo no Portal da Transparência, coisa que não faziam antes. Hoje somos a segunda Câmara mais transparente do estado de Mato Grosso. Tudo é orientado pelo TCE e agora vamos prestar contas do que, se já estamos dentro da lei”, desabafou o parlamentar.

 


“Quem está cobrando mais prestação de contas sobre a verba indenizatória deveria nos orientar a apresentar prestação de contas do jeito que o Ministério Público Estadual apresenta, o Judiciário e o próprio TCE. Eles também têm verba indenizatória. Agora porque só a Câmara de Rondonópolis. Seria porque o presidente é o vereador Fulô. Somos iguais aos outros setores públicos. Não sou rico e vim da periferia. Fui vereador por seis mandatos e continuo pobre. Servi a cidade por 24 anos e vou sair do mesmo jeito que entrei. Me orgulho por ser vereador de seis mandatos e filho de Rondonópolis, além de ser presidente por duas vezes da Câmara e vou sair de cabeça erguida. Faço política por ideologia. Agora estou me sentido atacado, pois sou presidente da instituição. A partir da hora que atingem este poder, estão me atingido e a todos os meus colegas. Eu tenho que sair em defesa deles, pois sou o presidente. Se não sair eles me cobram”, reagiu o peemedebista.

 


De acordo com Fulô, a Câmara Municipal tem dois controladores do Tribunal de Contas justamente para não errar nos gastos do Erário. “Não posso errar. Se eu errar, tem gente que quer me ver na cadeia. Mas não vou errar neste final de mandato e de minha legislatura”, completou o presidente.


Endereço

RUA CAFELÂNDIA, 434
Bairro: LA SALLE
RONDONÓPOLIS - CEP 78.710-050 - MT

Contato

Fone: (66)3410-9700
Horário de Atendimento: 12h as 18h

Como Chegar
© Copyright 2017-2018 Câmara Municipal de Rondonópolis